02/04/2015

* Afinal, quem era ele na fila do pão? - Mais uma participação especial! - Projeto Drama Queen #24 ♥

postado por Carol Daixum

Oi, dramáticas de plantão e admiradores (ou não hahaha)! Essa semana, recebemos mais um relato dramático. Quem mandou foi a Gabi, do blog Red And Vintage. Vamos lá? ;-) 

Participação dramática! 

Olá, aqui é a Gabriela Lira, do blog Red and Vintage, e eu gostaria de deixar a minha história dramática também. Eu sou daquelas que acredita cegamente em inferno e paraíso astral. Era setembro de 2013, mês que segundo a astrologia seria proveitoso e de muita sorte para o signo leão. Em partes foi: ganhei uma gincana em que eu era líder no colégio e, de quebra, um namoradinho. Ele era um dos meus melhores amigos, engraçado, bonitinho, de boa família e tudo mais. Começamos a namorar ainda naquele mês e tudo parecia bem. Até que os problemas começaram. O menino era extremamente travado na hora de ficarmos mais próximos, e vocês acreditam que o tempo todo nosso de namoro nunca aconteceu de nos beijarmos? Seria cômico, se não fosse trágico. 

Aos poucos descobri coisas bem peculiares, como por exemplo o fato dele ter feito o casamento do cachorro (com direito a chuva de pétalas brancas) e ainda um outro segredinho que o nosso grupo de amigos descobriu: ele tinha um patinho de plástico escondido no telhado. Broxante isso? Talvez, mas não tanto como o toque do seu celular que era uma musiquinha instrumental da novela "La Usurpadora" (se você pensou no toque da Paola Bracho acertou). E por falar em novela mexicana, eu defino meu antigo e único namoro assim: cheio de suspense, de altos e baixos (bem mais baixos do que altos) e muito drama. Sim, pois sou drama queen nata e conseguia transformar um simples olhar de alguma garota na sala para ele em uma possível chance de traição. Aliás, me pergunto até hoje se ele me traiu com alguém ou não. Porém, amigos em comum dizem que não, então eu acredito que fomos fiéis um ao outro enquanto durou (e durou bem pouco). 

Voltando ao beijo. Eu tentei beijá-lo algumas vezes, no entanto, éramos dois tímidos e minhas tentativas foram em vão. Me arrumava bastante com direito à batom vermelho e esfoliações semanais na pele. Uma vez ficamos bem pertinho um do outro e quando finalmente encostaríamos nossos lábios... Ele se afastou e disse que não podia fazer aquilo porque tempos atrás havia babado uma garota durante o seu primeiro beijo. Drama vai, drama vem e o nosso "namoro" foi saturando aos poucos e se já não existia aquela chama da paixão antes, passou a existir bem menos. 

Dezembro de 2013, dia 13 (uma 6ª feira), me arrumei para ir numa festa à fantasia ainda na ilusão de melhorarmos a nossa relação. Ele foi, porém sozinho e durante a festa inteira manteve a distância. Não suportei aqui e fui embora da festa acompanhada de alguns amigos. Não aguentei e fiz draminha básico e chorei. Ele até apareceu onde eu estava, mas entrou e saiu pela porta dos fundos, E eu coitada voltei para a casa em prantos, sem salto, andando descalça e com os olhos sujos de maquiagem. Dia 14, fui na casa dele pela manhã tirar satisfação e ele fingiu que estava dormindo e a empregada mentiu descaradamente. Fui de novo pela noite e o meu lado "drama queen" despertou furiosamente. Fiz de tudo, disse que iria melhorar e que não podia viver sem o "amor" dele, que queria apenas ele e mais ninguém. Não resultou em nada, ele terminou comigo e mais uma vez eu voltei para a casa chorando. 

Me senti deprimida nos primeiros dias, mas ajeitei a minha coroa e percebi que eu podia superar tudo aquilo e de cabeça erguida. Afinal, quem era ele na fila do pão? ;-) 

Beijo, Gabi. 

18 anos, aspirante ao curso de Arquitetura e Urbanismo, ama tudo o que for relacionado ao mundo das Artes e Literatura. Autora de um blog sobre moda e adoradora do universo vintage. Escreve nas horas vagas sobre tudo o que vê e sente, sonha com o dia que poderá lançar um livro de poemas, enquanto isso vai guardando seus escritos na escrivaninha. 

**

Gabi, dá uma abraço aqui e parabéns pelo pensamento final. Tudo bem, somos dramáticas com muito orgulho, mas temos que aderir sempre esse lema: ajeita a coroa e coloque na cabeça: quem é ele na fila do pão, hein? ;-) Drama Queen tem que se dar o valor mesmo!!!

Lembrando que o Projeto Drama Queen é uma parceria entre o Pequena Jornalista e o blog Casos Acasos e Livros. Quem quiser ler os textos anteriores, é só procurar na caixa de busca ao lado. Quer participar dessa coluna? Mande um e-mail para projetodramaqueen@gmail.com (iei, agora temos um e-mail só para o nosso projeto \o/). Também aceitamos sugestões de temas dramáticos! 

Beijos,
Carol e Teca. 


10 comentários:

  1. Hahahaha putz, é verdade! Amo essa "expressão"! Ficou bem divertido o texto ^^
    ;**

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  2. Leoninas reinando nos dramas rs, preciso tirar um tempo e enviar um relato meu, adoro ler isso aqui no blog, me divirto horrores!
    Um beijão,
    www.vireiprincesa.com

    ResponderExcluir
  3. Oie Carol e Gabi =)

    Ahh! Eu já acreditei muito nisso de inferno e paraíso astral, mas depois que li um artigo no Astrologia da Depressão dizendo que isso não existe respiro mais tranquila rs...
    Sou taurina e orgulhosa, não vou atrás da pessoa, a não ser que eu tenha absoluta certeza que fui que eu pisei na bola XD

    Adorei o post!

    Beijos e uma Feliz Páscoa;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura? Posso respirar mais tranquila também hahaha! ^^ Nossa, eu queria ser assim. Mas acabo indo quase sempre atrás. Só não corro atrás quando acho que realmente já deu. ;-) beijocas e feliz páscoa (atrasada rsrsrs).

      Excluir
  4. Gente que trash, fiquei passada.
    Um beijo
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei o relato...que situação!! Essse projeto é ótimo hahaha

    Beijos ♥

    Jéssica || Fashion Jacket
    www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  6. Uauu, adorei o texto!! :D
    ficou bem legal!!
    Beijos;*

    www.harumiholanda.com

    ResponderExcluir
  7. Ual, que história trágica essa em! Acho que ela não fez drama, a situação era dramática por si só. hahahaha
    Mas enfim, é isso ae, ajeita a coroa e segue em frente!
    beijos.
    http://www.amandatelo.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fato! hahaha ;-) ajeitar a coroa sempre! beijocas

      Excluir