18/09/2014

* Pensamentos soltos (traduzidos em palavras): Confusão! ♥

postado por Carol Daixum


Às vezes eu me sinto perdida. Que nem uma barata tonta! Eu sei quais são os meus sonhos e metas. Mas eu não sei o caminho, esqueceram de me dar o mapa. Quero ser independente, morar sozinha, construir uma família, mas não dou conta nem do meu quarto. Quero escrever e publicar livros, mas e se nenhuma editora aprovar? Quero viajar e dominar o mundo, mas morro de saudade das viagens com a minha família (esperar a mala atrasada era menos angustiante). Na maioria das vezes, o meu foco é mais no que eu tenho medo do que no meu objetivo. Como escolher significa renunciar algo, a escolha fica mais difícil ainda. Decidir é um verbo que eu não domino bem. Quero tudo ao mesmo tempo! Quero morar fora, mas queria levar a minha família e os meus amigos num potinho. Mas seria egoísmo da minha parte. Eu sei quais são as minhas dúvidas e, na maioria das vezes, eu até sei as respostas. Aliás, sei quase tudo na teoria, mas na hora de praticar, meu Deus... É tão difícil quanto uma equação de matemática. Até pior! Mudo de ideia (e solução) como mudo de roupa. Penso, penso e não chego a nenhum lugar. E quando eu chego, no outro dia não faz mais sentido. Não sei se as minhas escolhas até hoje são as certas. E tenho medo de continuar errando, se é que eu estou errando. Quero sair da zona de conforto, mas até quando ela é ruim é "confortável". Quero arriscar mais, ir atrás dos meus sonhos. Mas é tanto obstáculo, que às vezes prefiro ir com calma, um passo de cada vez. Aí para piorar a situação, eu lembro que eu tenho 28 anos. Que a calma pode ser crucial. Ok, eu não sou velha. Mas também não sou nenhuma garotinha de 15 anos. O tempo passa rápido, tenho medo de não conseguir nada do que eu quero. Dizem que o caminho é o melhor da viagem. Até concordo, mas eu estou passando por uma estrada bem esburacada. Perdida, sem saber qual rota seguir. Direita ou esquerda? Coração ou a razão? Alguma sugestão? Estou aceitando! ♥ 

Semana que vem tem mais pensamentos soltos traduzidos em palavras. 

Um beijo, Carol. 

P.S: O texto é meu e o crédito da ilustração é da Mônica Crema. ;-)


13 comentários:

  1. Oi Carol,

    não vou dar sugestões, porque me sinto exatamente como vc! :)

    Acho que esse sentimento faz parte de amadurecer sabe? é um sofrimento que a gente tem que passar pra ser mais feliz e realmente saber o que a gente quer.

    Pelo menos é isso que eu tô pensando para poder atravessar essa fase mais difícil que tô vivendo agora... quero muito parar de me cobrar e deixar de fazer certos dramas.

    Espero ter te ajudado de alguma forma.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Fazia tempo que não me identificava tanto com um texto. Extremamente cativante. Você escreve tudo de forma simples.
    Também não sou boa em tomar decisões e talvez eu seja um paradoxo mesmo. Quero tudo e ao mesmo tempo não quero nada. E também sei bem como é querer morar fora, mas levar quem amamos na mala, se possível.
    BTW, essa música do jota quest é a perfeição... Já até fiz um texto e, para justificar alguns pensamentos, tipo falar que quem amamos nunca é perfeito.
    Ou seja, tudo de bom ler isso aqui :)

    Já conhecia seu blog da época em que eu tinha um antigo blog (Pensamentos e Opiniões). Agora estou voltando ao mundo. Depois de algum tempo, criei coragem para publicar meus textos.
    Enfim, legal saber que continua por aqui, vou fuçar mais nas suas postagens.

    Beijos,
    Raquel Morelli.

    http://textosraquel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. De vez em quando eu também tenho esses pensamentos assim igual a você, quero várias coisas, quero apressadamente porque na verdade eu ainda tenho tempo né? Mas depois passa! haha
    beijos

    http://www.izabellagrimaldi.com/

    ResponderExcluir
  4. Carol, acho que saber quais são os seus planos e metas já é maravilhoso. Até hoje fico em dúvida com relação a isso. Você já está no caminho certo, acredite!

    ResponderExcluir
  5. Carol você me descreveu todinha em suas palavras, como assim? Tô nessa fase de querer tudo de uma vez, impaciente e precisando de liberdade sabe?
    Amei seu texto ♥
    bjokas e bom fds! diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  6. Se alguém te der uma sugestão super boa, daquelas que a gente fala "como não pensei nisso antes?" tu me passa a dica! rs
    Kisses

    ResponderExcluir
  7. Ah, entendo exatamente como você tá se sentindo. Também vivo num conforto confortável. EU queria poder me jogar mais no mundo, mas é mais difícil quando precisamos nos enquadrar em algumas regras pra viver. Ex. trabalhar todo dia, ganhar dinheiro pra viver. É mais fácil correr atrás dos sonhos quando não tempos tanta responsabilidade. Mas olha, vou apenas dizer que, assim como eu, você tem que dar um passo de cada vez.
    Ir saindo aos poucos da zona de conforto. Também não sou boa em tomar decisões, mas vamos começar a arriscar algumas. Precisamos, né?

    Um beijo
    www.reinodascoisas.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Carol, tudo bom? Em primeiro lugar, adorei conhecer o seu cantinho! Ele é uma graça! Que bom que que o blog da Lara nos fez conhecer uma a outra, não é? *-*

    Bom, quanto ao post de hoje... Adorei sua "confusão mental", acho que todo mundo se identifica com alguns dos seus medos. Afinal, quem nunca o sentiu? O medo é algo natural e sempre nos acompanhará, mas acho que a única dica que posso dar é: "Siga em frente apesar do medo. Sorria, apesar do dia." No fim das contas tudo se ajeita!!!

    Bem, quanto a pergunta que você deixou lá no blog, devo dizer que me senti muito honrada! Seria incrível ter um espacinho aqui no seu blog e obviamente, eu me ponho a sua total disposição para responder perguntas e o que for! E claro, agradeço imensamente pela oportunidade! O meu e-mail é thatiisr@hotmail.com :D Pode me enviar um e-mail para conversarmos melhor, vai ser ótimo!!!

    E bom, acho que é isso, rs! Adorei conhecer o blog e vou agradecer a Lara por isso, rs!

    Beijinhos ♥

    Thati;
    http://nemteconto.org

    O livro "Feita de fumaça e osso" está sendo sorteado no blog. Vem participar!

    ResponderExcluir
  9. ta, vc le meus pensamentos?
    TO nessa tb, hehehe
    beijinhos. Rê

    www.renatatruchinski.com

    ResponderExcluir
  10. "Decidir é um verbo que não domino bem", você me traduziu agora! rs

    ResponderExcluir
  11. Nossa, realmente, o tempo voa e tenho medo de não alcançar meus objetivos. A vida é simples e ao mesmo tempo complicada :{


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  12. Adorei o texto, super me identifiquei. Sou a rainha da indecisão.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Belo texto.
    Parece ter sido escrito por mim.
    =)

    rs

    AnaVi
    filhadejose.blogspot.com

    ResponderExcluir